REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL UERGS

Caracterização de leveduras isoladas do mosto de uvas da cultivar Goethe Primo

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor Santos, Marlene Guevara dos
dc.contributor.author Soares, Paulo Cesar Pereira
dc.date.accessioned 2021-05-06T10:43:04Z
dc.date.available 2021-05-06T10:43:04Z
dc.date.issued 2018
dc.date.submitted 2018
dc.identifier.uri https://repositorio.uergs.edu.br/xmlui/handle/123456789/1349
dc.description.abstract As leveduras da espécie Saccharomyces cerevisiae para a elaboração de vinhos são as mais solicitadas para a execução do processo de fermentação alcoólica. A qualidade do vinho não dependente apenas da matéria-prima utilizada, a uva, mas também de leveduras selecionadas. Estas devem possuir aptidão enológica adequada para o processo de vinificação, sendo este um dos itens mais importantes na elaboração de vinhos de qualidade. Este trabalho objetivou caracterizar as leveduras de duas séries denominadas GPEpUf17 e GPEpU17 obtidas a partir de bagas de uvas da cultivar Goethe Primo provenientes de Urussanga-SC. Todas as linhagens foram avaliadas quanto à produção de sulfeto de hidrogênio, velocidade de fermentação, formação de fator killer, sensibilidade a atividade killer e neutralidade. Foram escolhidas linhagens com comportamento distintos para identificação por amplificação da região ITS1- 5.8S-ITS2 por PCR e RFLP. Os resultados mostraram que dentre as 50 leveduras da série GPEpUf17, 50% das linhagens apresentaram excelente capacidade fermentativa, 22% produziram sulfeto de hidrogênio. Duas linhagens a 28 GPEpUf17 e a 35GPEpUf17 mostraram ter comportamento sensível e killer para diferentes espécies e gêneros, o restante da série ficou distribuído da seguinte forma: 56% demonstraram comportamento killer, 28% sensíveis e 16% neutras. Das 50 leveduras da série GPEpUf17 a única levedura não identificada foi a 1GPEpUf17. Do estudo realizado com as 50 leveduras da série GPEpU17, os resultados mostraram que todas linhagens apresentaram baixa velocidade fermentativa aliada à diferentes níveis de produção de H2S (32 %). Somente 12% apresentaram atividade killer, 50% sensibilidade ao fator killer e apenas 38% ficaram caracterizadas neutras. As duas leveduras da série GPEpU17 identificadas por PCR-RFP a 24GPEpU17 e 42GPEpU17 correspondem ao gênero Issatchenkia terricola e Saccharomycopsis vini. Os resultados da caracterização das duas séries mostraram que leveduras com alto potencial fermentativo possuem comportamento killer e as caracterizadas neutras podem ser empregadas como culturas mistas junto com Sacchamoryces cerevisiae.
dc.language.iso 200708#2018####bl#a###fr###########por#d
dc.subject Produção intelectual - Uergs
dc.subject Taxonomia
dc.subject Monografia - Graduação
dc.subject Leveduras para Vinificação
dc.subject Fermentação
dc.title Caracterização de leveduras isoladas do mosto de uvas da cultivar Goethe Primo
dc.type Arquivo digital
local.contributor.advisor-co Silva, Gildo Almeida da
local.contributor.advisor-co Tramontina, Francine Fioravanso
local.degree.date Unidade em Bento Gonçalves
local.degree.grantor Universidade Estadual do Rio Grande do Sul
local.description.areasdoconhecimento M663.12


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples