REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL UERGS

As competências socioemocionais e a formação integral do estudante: uma análise da BNCC

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor Da Pieve, Maria da Graça Prediger
dc.contributor.author Santos, Shaiane Barcellos dos
dc.date.accessioned 2021-08-09T19:30:04Z
dc.date.available
dc.date.issued 2020
dc.date.submitted 2020
dc.identifier.uri https://repositorio.uergs.edu.br/xmlui/handle/123456789/1655
dc.description.abstract A pesquisa “As competências socioemocionais e a formação integral do estudante: uma análise da BNCC” objetivou analisar as competências gerais da BNCC, explicitando os aspectos socioemocionais propostos como necessários para o desenvolvimento pleno dos estudantes, tendo como matriz, teóricos e evidências científicas contemporâneas. Juntamente, como objetivos específicos, pretendeu: compreender a concepção de educação integral presente na Base Nacional Comum Curricular a partir de fundamentos pedagógicos e psicológicos que abordam o referido tema; caracterizar as competências socioemocionais como necessárias para a educação do século XXI, a partir de teóricos e instituições que abordam o tema; conhecer o documento da Base e identificar competências socioemocionais presentes no documento; e, analisar as relações entre o desenvolvimento de competências socioemocionais e cognitivas presentes no documento da Base e o desenvolvimento integral do aluno. As bases científicas necessárias para a compreensão e atendimento ao problema da pesquisa foram encontradas na legislação educacional brasileira (BRASIL, 1988, 1996, 2009, 2010, 2014, 2017, 2018), Delors (1998), Perrenoud (1999), Abed (2014), Zambianco (2020), La Taille (1992), bem como em outros teóricos, instituições e sites de igual importância. A abordagem metodológica utilizada foi qualitativa bibliográfica e documental, tendo como objeto de estudo, o documento normativo da Base Nacional Comum Curricular, especificamente a parte introdutória que trata das dez competências gerais, os marcos legais, os fundamentos pedagógicos e a estrutura curricular da BNCC. Os dados bibliográficos foram encontrados em livros, e-books, revistas e sites. Os resultados alcançados permitiram concluir que as dez competências apresentadas na Base, interrelacionam-se e desdobram-se no tratamento didático proposto para as três etapas da Educação, entrelaçando componentes cognitivos e componentes socioemocionais, essenciais para o desenvolvimento integral dos estudantes da Educação Básica e, consequentemente, à formação de cidadãos para a sociedade atual. Concluiu-se, na pesquisa bibliográfica, que as competências, entendidas como um conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes, constitui-se em uma das formas e se conseguir o pleno desenvolvimento dos estudantes, explicitado neste estudo pelos teóricos interacionistas Piaget, Vygotsky e Wallon, desde que permeadas de elementos cognitivos e socioemocionais, e que resultem em aprendizagens necessárias para aprender, viver, conviver e trabalhar em um mundo cada vez mais complexo.
dc.language.iso 210214s2020####bl#####fr###########por#d
dc.subject Produção intelectual - Uergs
dc.subject Base Nacional Comum Curricular - BNCC
dc.subject Competências socioemocionais
dc.subject Educação básica - Formação integral
dc.title As competências socioemocionais e a formação integral do estudante: uma análise da BNCC
dc.type Trabalho de conclusão e Relatório curricular
local.description.areasdoconhecimento M37.015.3


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples