REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL UERGS

Inoculação e coinoculação com bactérias promotoras de crescimento vegetal em soja

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor Osório Filho, Benjamin Dias
dc.contributor.author Pelizza, Emanuele Balbinot
dc.date.accessioned 2021-08-11T16:25:30Z
dc.date.available
dc.date.issued 2021
dc.date.submitted 2021
dc.identifier.uri https://repositorio.uergs.edu.br/xmlui/handle/123456789/1719
dc.description.abstract A soja é uma oleaginosa, pertencente a família Fabaceae. É empregada tanto na alimentação humana e animal. Mundialmente difundida, no Brasil o farelo e o óleo de soja ocupam primeira posição em exportações. O nitrogênio (N) é um dos nutrientes mais requeridos pela cultura e pode ser obtido através de quatro fontes: do solo, fertilizantes nitrogenados, fixação não biológica e a fixação biológica de nitrogênio (FBN). A FBN é realizada por diversas bactérias, chamadas de diazotróficas. Dentre estas, estão os rizóbios, que são simbiontes com leguminosas e associativas, que interagem com plantas de diferentes famílias. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da coinoculação de bactérias dos gêneros Bradyrhizobium e Azospirillum na produtividade da soja. Parte do estudo foi conduzido a campo na Linha XXI de Abril no município de Guaporé – RS, e parte das análises no Laboratório da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, Unidade em Cachoeira do Sul. A variedade utilizada foi a Pioneer 95R51 e o delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados, com quatro repetições e com quatro tratamentos (1) - Coinoculação com Bradyrhizobium e Azospirillum; (2) - Inoculação com Bradyrhizobium; (3) - Inoculação com Azospirillum; (4) - Testemunha sem inoculação. Cada parcela possuía uma área de 12 m2 (2 m de largura x 6 m de comprimento), constituídas por 5 linhas de semeadura de soja. As avaliações realizadas foram: a produtividade de grãos e o número de nódulos das plantas. A partir do conjunto de dados submetidos a uma análise de teste de médias Dunnett a 10% de probabilidade de erro, observou-se que coinoculação de sementes com as bactérias dos gêneros Bradyrhizobium e Azospirillum, embora sem diferenças de produtividade, pode contribuir com o aumento de número de nódulos por planta.
dc.language.iso 210320#2021####bl#####fr###########por#d
dc.subject Produção intelectual - Uergs
dc.subject Agronomia
dc.subject Soja - Cultivo
dc.subject Inoculantes
dc.subject Bactérias
dc.subject Fixação biológica do nitrogênio
dc.title Inoculação e coinoculação com bactérias promotoras de crescimento vegetal em soja
dc.type Arquivo digital
local.description.areasdoconhecimento M633.34


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples