REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL UERGS

O processo da aquisição da escrita nos diferentes níveis de hipóteses de escrita de alunos na etapa da alfabetização

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor Schussler, Dolores
dc.contributor.author Nichetti, Tatiana Kingeski
dc.date.accessioned 2021-09-02T18:05:43Z
dc.date.available
dc.date.issued 2021
dc.date.submitted 2021
dc.identifier.uri https://repositorio.uergs.edu.br/xmlui/handle/123456789/1770
dc.description.abstract O presente estudo propôs como objetivo conhecer e analisar os níveis de hipótese de escrita nos quais se encontram os alunos de três turmas da etapa da alfabetização na perspectiva de suas professoras. Desde cedo, as crianças manifestam curiosidades com relação à cultura escrita, e, nesse convívio inicial, elas já estão cercadas de textos e constroem conhecimentos à medida que percebem as marcas iniciais da escrita. É no espaço escolar que, para a maioria das crianças, o processo de desenvolvimento da escrita ocorre de forma sistemática. Todavia, na etapa da alfabetização, muitos desses alunos ainda apresentam dificuldades em transpor o processo da escrita, impedindo-os a apropriação de outros conhecimentos. Pela influência da teoria exposta na obra Psicogênese da Língua Escrita das pesquisadoras Emília Ferreiro e Ana Teberosky (1984), as crianças passam por um processo de construção da escrita baseado em níveis de hipóteses, a citar: pré-silábica, silábica, silábica-alfabética e alfabética. Desse modo, a questão norteadora deste trabalho foi: quais níveis de hipóteses de escrita encontram-se os alunos que estão na etapa da alfabetização, pertencentes a três turmas de 1º, 2º e 3º ano, nos municípios de Osório e Tramandaí, na perspectiva de professoras alfabetizadoras? A metodologia a este estudo pautou-se em uma pesquisa qualitativa, de caráter exploratório e descritivo. Os procedimentos para a coleta dos dados consistiram em um questionário semiestruturado realizado com três professoras que atuam nesses anos iniciais do Ensino Fundamental de Nove Anos. Observou-se que os alunos do 1º, 2º e 3º ano, que correspondem aos anos iniciais do Ensino Fundamental de Nove Anos, foram identificados pelas professoras em diferentes níveis de desenvolvimento para a apropriação da escrita, desde o nível hipotético pré-silábico à escrita alfabética, e que há, em uma mesma turma, diferentes níveis. Este estudo permitiu compreender a importância do período de sondagem bem como perceber que o professor alfabetizador tem papel fundamental nesse momento de desenvolvimento dos alunos, valorizando os passos evolutivos que estes percorrem. Além disso, observa-se que cada passo tem características específicas de aprendizados que colaboram para a obtenção de avanços progressivos no processo de sua construção de escrita.
dc.language.iso 210818s2021####bl#####fr###########por#d
dc.subject Produção intelectual - Uergs
dc.subject Alfabetização
dc.subject Letramento escolar
dc.subject Escrita
dc.title O processo da aquisição da escrita nos diferentes níveis de hipóteses de escrita de alunos na etapa da alfabetização
dc.type Trabalho de conclusão e Relatório curricular
local.description.areasdoconhecimento M371.3


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples